Moda pós-pandemia: tendências que vieram pra ficar.

A indústria da moda, assim como todos os setores que fazem parte da economia mundial, sofreu impactos e transformações diante das mudanças de hábito causadas pela pandemia de coronavírus. Entender essas mudanças e as tendências que elas geram é fundamental para crescer em momentos de crise, afinal, somente quem está se adaptando de maneira correta ao mercado consegue se destacar e fazer a diferença. Por isso, o Clube de Costura separou as principais transformações e tendências no segmento de moda durante a pandemia.

Estar confortável tem sido importante para o consumidor.

Uma das mudanças que a pandemia trouxe ao consumo de moda tem sido o aumento do desejo por peças mais confortáveis. Há diversas pesquisas que mostram o aumento da procura por pijamas e roupas para ficar em casa, e da moda comfy – que leva o conforto como prioridade na produção do vestuário para o dia a dia, seja ele no lar ou nas ruas.

Muito mais compras on-line.

Com o isolamento, muitas pessoas ficaram com receio de comprar fora de casa, mesmo com a reabertura gradual do comércio. Esse receio acabou levando ao hábito de consumo para um âmbito mais digital, refletindo no aumento das compras de produtos de moda pela internet. Isso quer dizer que quem está investindo nas vendas digitais tem se destacado e fortalecido seu negócio

O sofrimento animal está saindo de moda.

Uma das tendências que tem se estabelecido em meio à pandemia, com influência dela ou não, é a moda com foco na responsabilidade animal. Dessa forma, os consumidores evitam marcas que exploram o sofrimento animal, e a busca por marcas veganas e sustentáveis tem crescido exponencialmente.

Tendência hoje é sinônimo de durabilidade.

O consumidor tem dado mais atenção ao diferencial de durabilidade das roupas. Com foco numa melhor experiência, quem compra roupa hoje em dia busca qualidade e uma peça que te acompanhe durante muito tempo. Assim, também se consolida o desejo por roupas atemporais, ou seja, que mesmo com o passar do tempo, continuam sendo bem recebidas do ponto de vista estético.

Tudo é sobre sustentabilidade.

Um dos pilares importantes das novas tendências da moda é a sustentabilidade, palavra que há muito tempo esteve ligada de forma vaga à preservação da natureza. Hoje, ela já ganha importância dentro de segmentos variados, inclusive a moda.

Dessa maneira, o consumidor está de olho nas marcas e exige que elas sejam transparentes sobre os seus métodos de produção, descarte e rejeito de materiais, sobre seu posicionamento diante das causas ambientais, bem como das boas práticas ligadas à qualidade de vida dos trabalhadores. Isso fortalece, também, o crescimento do desejo por marcas menores, alavancando pequenos negócios.

Aprimoramento das plataformas on-line de venda.

Com todas as diversas mudanças no cenário, fica um grande desafio: posicionar produtos e valores de marca de maneira efetiva nas redes sociais. Devido ao aumento das compras on-line, quem vive de moda precisa estar atento sempre às novas estratégias de venda e produção de conteúdo digital. Afinal, com menos gente nas lojas e mais gente na internet, é preciso criar oportunidades de bons atendimentos e vendas através de novos caminhos.

Essas foram as dicas do Clube de Costura para você não ficar por fora de nenhuma transformação do nosso segmento. Compartilhe esse conteúdo com quem precisa dele e torne o conhecimento acessível a todos que buscam melhorar na arte da costura. Juntos, a gente vai muito mais longe!